Jogadores do Vasco da Gama comemoram o gol da classificação , marcado pelo lateral Fabrício aos 50 minutos do segundo tempo. - Foto Reprodução

Vasco da Gama. O time da virada

A virada de Fabrício: vaiado, lateral marca nos acréscimos e leva Vasco à final

Criticado pela torcida ao longo do jogo, jogador faz gol do triunfo aos 50 minutos do segundo tempo e garante triunfo sobre o Fluminense na semifinal do Carioca. Foram mais de 90 minutos de vaias. Mas Fabrício deixou o Maracanã nesta quinta-feira como herói. O lateral-esquerdo do Vasco fez o gol da vitória de sua equipe por 3 a 2 sobre o Fluminense aos 50 minutos do segundo tempo. O triunfo levou o Cruz-Maltino à decisão do Campeonato Carioca, contra o Botafogo.

O HERÓI

Fabricio não vinha tendo grande atuação. No primeiro tempo, por exemplo, falhou na marcação no gol de Pedro – naquela altura, o Vasco vencia graças a gol de Giovanni Augusto. Na segunda etapa, especialmente, o lateral começou a ser vaiado sem piedade pela torcida. Mas, já no abafa vascaíno no fim do jogo, recebeu bola na área e chutou cruzado para dar a vitória aos cruz-maltinos.

PRIMEIRO TEMPO

Precisando vencer, o Vasco começou melhor. Forçando o jogo pela direita, criou boas chances até chegar ao gol, aos 26, em linda jogada de Pikachu que Giovanni Augusto completou.

O domínio cruz-maltino, porém, ruiu na primeira boa jogada do Fluminense, quando Gilberto aproveitou indefinição entre Wagner e Fabricio na marcação e cruzou para Pedro empatar, aos 38 minutos. A partir dali, o Vasco se desorganizou, e o Flu melhorou.

SEGUNDO TEMPO

A virada tricolor veio aos três minutos, em cobrança de falta de Sornoza – Paulão e Erazo falharam na barreira. A partida ficou à feição para o Fluminense, que desperdiçou muitos contra-ataques. Mais na base da raça, o Vasco reagiu no fim: primeiro, Paulinho empatou aos 24. E, aos 50 minutos, Fabricio garantiu a virada.

FINAL SEM CAMPEÕES

O Campeonato Carioca será decidido por duas equipes que não venceram os turnos. Enquanto o Vasco eliminou o Fluminense (vencedor da Taça Rio), o Botafogo tirou o Flamengo (campeão da Taça Guanabara).

O primeiro jogo da final será no domingo, e o duelo de volta, no dia 8 de abril. Não há vantagem de resultados iguais. A Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) ainda não confirmou horário nem local das partidas.

 

Com informações do Globo Esporte