• Home
  • Cidades
  • Taques e vereadores de Cuiabá vistoriam obra do novo pronto-socorro
Francisco Alves

Taques e vereadores de Cuiabá vistoriam obra do novo pronto-socorro

Governador destacou que a visita na unidade é em decorrência de um primeiro encontro com os vereadores que ocorreu na última sexta-feira (06.04).

O governador Pedro Taques vistoriou nesta quarta-feira (11.04), junto com os parlamentares, as obras do novo Hospital e Pronto-socorro da capital. A nova unidade de saúde entra na reta final de construção e deve ser entregue ainda no início do segundo semestre deste ano.

Além da parte estrutural, o Estado também se comprometeu em equipar a unidade e assumiu o compromisso de fazer um novo convênio com a prefeitura de Cuiabá para equipar o hospital, a licitação ficará por conta do órgão municipal e o executivo estadual passará o dinheiro conforme os cronogramas organizados. Os valores ainda estão sendo analisados pela Casa Civil e secretarias de Estado de Gestão e de Saúde, embasado no levantamento de equipamentos necessários.

O pronto-socorro fica na capital mas vai atender a todos os mato-grossenses. É mais uma das obras que estavam com a inauguração prevista para o aniversário de 229 anos de Cuiabá (comemorado no domingo – 8 de abril) e foi adiada.

Segundo o governador, o hospital está com mais de 80% das obras prontas e terá 315 leitos. “Resta os equipamentos, os móveis e o acabamento. O forro já entra na semana que vem e depois o piso, que é o último que se coloca. O pronto-socorro fica na capital mas vai atender a todos os mato-grossenses. Quase 45% do atendimento será de pacientes do interior”.

A nova unidade de saúde entra na reta final de construção. Ao todo, o novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá terá 315 leitos para atendimento, 60 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e seis centros cirúrgicos. O Governo do Estado é o maior financiador da obra com investimentos de R$ 50 milhões e cerca de R$ 30 milhões de investimentos da Prefeitura de Cuiabá.

Por Samara Moura