• Home
  • Cidades
  • Professora morre após ser diagnosticada com virose em UPA de Sorriso
Reprodução/facebook

Professora morre após ser diagnosticada com virose em UPA de Sorriso

Suspeita é de que Camila Ramos, de 29 anos, estava com H1N1

Após ter ido a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pelo menos cinco vezes e ser diagnosticada com virose. A professora Camila Ramos de Souza, de 29 anos morreu com pneumonia bacteriana no Hospital Regional de Sorriso, a 420 km de Cuiabá. O óbito ocorreu no domingo (15), e a família dela reclama do atendimento recebido pela paciente na UPA do município.

Apesar da certidão de óbito da paciente apontar morte por pneumonia bacteriana, a suspeita é de que a morte tenha ocorrido após insuficiência respiratória causada pelo vírus H1N1, o hospital enviou os exames da jovem para fora do estado e o resultado deve ser apresentado em até 30 dias. A Prefeitura de Sorriso disse que apenas irá se manifestar sobre o atendimento recebido pela professora na UPA após a conclusão de um laudo técnico.

O corpo de Camila foi enterrado na manhã desta segunda-feira, após ser velado na capela mortuária do cemitério. O caixão, porém, precisou ser lacrado pela possibilidade de transmissão, para evitar novas contaminações, se a suspeita [de H1N1] for confirmada.

Dois parentes de Camila estão internados de forma preventiva no hospital com os mesmos sintomas. Eles estão fora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o quadro de saúde deles é estável, segundo a unidade. O diretor técnico do Hospital Regional de Sorriso, Rodrigo Bezerra, afirmou que a pneumonia diagnosticada em Camila foi atípica e agressiva.

As aulas foram suspensas nesta segunda-feira (16) em todas as unidades das escolas estaduais e municipais de Sorriso, onde Camila lecionava para alunos do ensino fundamental.

Por Samara Moura