• Home
  • Política
  • Em ano eleitoral, Bolsonaro diz que fará viagem de dois dias ao Nordeste
(crédito: Alan Santos/PR)

Em ano eleitoral, Bolsonaro diz que fará viagem de dois dias ao Nordeste

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14/1) que fará uma viagem de dois dias ao Nordeste. Segundo o chefe do Executivo, ele irá acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a três estados, entre eles, o Rio Grande do Norte. Bolsonaro alegou que é muito bem recebido nos estados que visita e no que chamou de ‘paradas inopinadas’ nas cidades de interior.

“Está previsto aqui, mês que vem, eu ficar dois dias no Nordeste. Quem faz essa pauta é o Rogério Marinho, que é o cara ali da transposição, da água. Eu acho que vou estar em três estados, talvez esteja no Ceará, sim. Um, eu tenho certeza, é o Rio Grande do Norte. É sempre um prazer ir para essa região, porque o tratamento é excepcional”, apontou em entrevista à Rádio Uirapuru.

Em fevereiro, relatou, deve ir à região acompanhado do comandante do Exército, general Paulo Sérgio. “Vamos mostrar, em parte, o trabalho que o Exército faz na perfuração de poços”, completou.

Em ano eleitoral, o presidente inicia o périplo de viagens em meio a pesquisas que o mostram em baixa. A nova pesquisa Ipespe lançada hoje aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança das intenções de votos para a corrida presidencial de 2022. Oscilando dentro da margem de erro, o petista alcançou 44%, enquanto Bolsonaro aparece em segundo, com 24%, e o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) se mantém na terceira colocação com 9%.

Hoje, o chefe do Executivo esteve no Amapá, onde voltou a acusar fraude nas eleições de 2018, a qual o elegeu.

 

 

Correio Braziliense