• Home
  • Geral
  • TCE-MT conquista alvará de licenciamento do Corpo de Bombeiros
Foto: Thiago Bergamasco/TCE-MT

TCE-MT conquista alvará de licenciamento do Corpo de Bombeiros

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) garantiu o alvará de licenciamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) para dois prédios da instituição, sendo eles o Edifício Marechal Rondon e Escola Superior de Contas.

Poucos órgãos públicos de Mato Grosso possuem o alvará de licenciamento do Corpo de Bombeiros, conquistado pelo TCE-MT, e que dará tranquilidade e segurança aos servidores, jurisdicionados e visitantes.

“O presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, pediu prioridade para a obtenção dos alvará. É uma vitória muito importante para uma edificação pública e para a administração do Tribunal de Contas, ainda mais porque é um exemplo que está sendo dado para outros órgãos públicos”, afirmou o coordenador do Núcleo de Patrimônio da Secretaria Executiva de Administração, Marcelo Catalano.

O alvará de licenciamento foi obtido junto ao Corpo de Bombeiros no mês passado e tem validade até 21 de setembro de 2023. Para conseguir o documento, o TCE-MT contratou uma engenheira civil especialista em projetos de combate à incêndio e pânico, atualizou os projetos arquitetônicos, bem como assegurou a cessão do 2° sargento bombeiro militar, Hugo Jorge dos Santos Elias, para verificação periódica das dependências, luminária de emergência, recargas de extintor, testes nas bombas de incêndio, na central de alarme, entre outros.

“Foi um trabalho árduo, cansativo, mas conseguimos concluir o objetivo. Sabemos que hoje temos uma edificação segura, testada, temos brigada de combate ao incêndio dentro do TCE-MT. O servidor, os fiscalizados e os visitantes vão ficar mais tranquilos nas dependências do Tribunal de Contas, sabendo que a edificação foi vistoriada pelo Corpo de Bombeiros e recebeu o alvará de licenciamento”, comentou Catalano.

O próximo passo do TCE-MT é para a obtenção do alvará de licenciamento do prédio administrativo.

 

Informações do Tribunal de Contas de Mato Grosso