• Home
  • Política
  • The Guardian: Bolsonaro planeja desrespeitar regras de vacina em reunião da ONU
Pedro Ladeira/Folhapress

The Guardian: Bolsonaro planeja desrespeitar regras de vacina em reunião da ONU

O jornal britânico “The Guardian” destacou, nesta sexta-feira (17/9), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é o único líder do G20 – que reúne países que possuem as 20 maiores economias do mundo – a ter afirmado publicamente que não se vacinou contra a COVID-19. O veículo também disse que Bolsonaro pretende desrespeitar as regras sanitárias em reunião da Organização das Nações Unidas, marcada para o dia 21 de setembro, em Nova York.

A matéria relembrou um trecho da transmissão ao vivo que Bolsonaro promoveu nessa quinta-feira (16/9). Na ocasião, o presidente destacou que seus níveis de anticorpos eram altos e disse que “estava melhor que qualquer pessoa vacinada com CoronaVac”. Mesmo assim, no mesmo instante, foi aconselhado pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a se vacinar.

O texto ressaltou ainda que os registros de imunização de Bolsonaro estão sob sigilo de 100 anos e que a COVID-19 já matou quase 600 mil pessoas no Brasil.
‘Não tem como cobrar vacinação’
O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, chegou a dizer à agência de notícias “Reuters” que ele não poderia pedir aos líderes dos países um comprovante de imunização contra a COVID-19 para ter acesso ao salão onde acontecerá a assembleia-geral. Nesta sexta, no entanto, a ONU confirmou que não exigirá comprovante de vacinação das autoridades.

Bolsonaro fará o discurso de abertura no encontro de líderes da semana que vem.

 

 

Correio Braziliense