• Home
  • Geral
  • Homem esquarteja cadela viva porque corria atrás de galinhas
(crédito: Polícia Militar/Divulgação)

Homem esquarteja cadela viva porque corria atrás de galinhas

A Polícia Militar prendeu em flagrante nesta segunda-feira (13/9), em Timóteo, um homem de 38 anos suspeito de esquartejar uma cadela, ainda viva. A crueldade praticada contra a cadela, que se chamava Maria Bonita, foi vista por um vizinho desse homem, na Rua dos Industriários, no Bairro Santa Terezinha.

Esse vizinho contou aos policiais que estava indo trabalhar, em João Monlevade, quando ouviu o choro desesperado da cadelinha Maria Bonita. Resolveu olhar para dentro do quintal da casa, que fica em frente à sua, quando viu o homem esquartejando Maria Bonita, ainda viva. Imediatamente, o vizinho chamou a Polícia Militar e fez a denúncia.

Uma guarnição da PM seguiu imediatamente para o endereço onde o homem esquartejava a cadelinha. O sargento Clistenes Silvestre Alves disse que, quando a PM chegou à casa do suspeito, ele estava segurando uma faca, ferindo a cadela. “Ele estava esquartejando o animal ainda vivo, numa prática clara de maus-tratos”, explicou.

Segundo o policial, uma das patas traseiras de Maria Bonita estava amarrada em uma corda, com o animal de cabeça para baixo. Revoltados com a crueldade do esquartejador, outros vizinhos contaram aos policiais que esse homem estava há vários dias prometendo matar Maria Bonita, alegando que ela estava correndo atrás de suas galinhas.

E contaram que, há duas semanas, o homem que esquartejou a cadela teria ateado fogo em uma vegetação, que fica nos fundos de sua casa. O fogo se alastrou e chegou próximo de outros imóveis.

Preso em flagrante, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Timóteo, juntamente com duas facas que foram apreendidas na cena do crime. A cadela foi recolhida pelos profissionais do Departamento de Zoonoses da Prefeitura de Timóteo.

 

Correio Braziliense