• Home
  • Saúde
  • Governo de Mato Grosso supera meta e abre 557 leitos clínicos
Atualmente, Mato Grosso conta com 1.015 leitos clínicos disponíveis especificamente para o tratamento de pacientes com a Covid-19. - Foto por: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

Governo de Mato Grosso supera meta e abre 557 leitos clínicos

Do total de leitos abertos, 171 oferecem tratamento de oxigenoterapia, 110 dispõem de suporte ventilatório e 276 são leitos clínicos hospitalares

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), superou a meta de implementar 500 leitos clínicos Covid-19, anunciada em março deste ano. Até o momento, o Estado, em parceria com 33 municípios, já abriu 557 novos leitos de enfermaria para atender demandas exclusivamente relacionadas à Covid-19.

Do total de leitos abertos, 171 oferecem tratamento de oxigenoterapia, 110 dispõem de suporte ventilatório e 276 são leitos clínicos hospitalares. “Esses equipamentos nos leitos vão ajudar os pacientes com dificuldade de respirar a se recuperarem e evitar que os casos se agravem e venham a necessitar de uma UTI. O bom atendimento prestado nas enfermarias é crucial para reduzir as internações graves e a mortalidade”, pontua o governador Mauro Mendes.

Os municípios parceiros que abriram os 557 leitos são: Água Boa (8), Alta Floresta (60), Apiacás (8), Araguaiana (5), Campos de Júlio (8), Campo Novo de Parecis (10), Campo Verde (10), Claúdia (12), Confresa (10), Cuiabá (60), Feliz Natal (6), Quarantã do Norte (22), Jaciara (10), Lucas do Rio Verde (35), Matupá (9), Nova Monte Verde (8), Nova Xavantina (9), Novo São Joaquim (8), Paranaíta (14), Peixoto de Azevedo (25), Planalto da Serra (4), Poconé (4), Pontes e Lacerda (50), Primavera do Leste (22), Ribeirão Cascalheiras (14), Rosário Oeste (41), São Felix do Araguaia (12), São José do Rio Claro (10), Sinop (30), Terra Nova do Norte (7), Torixoréu (6), União do Sul (2) e Várzea Grande (18).

Para a secretária Executiva da SES, Danielle Carmona, a parceria entre Estado e municípios é imprescindível no enfrentamento da pandemia.

Ela ressalta que, sem esse esforço conjunto, seria inviável disponibilizar tantos leitos à população em tão pouco tempo. “Estamos em uma força tarefa para ofertar um serviço de saúde eficiente aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). As equipes da SES trabalham diuturnamente em prol das ações de combate ao coronavírus”, diz Carmona.

Atualmente, Mato Grosso conta com 1.015 leitos clínicos disponíveis especificamente para o tratamento de pacientes com a Covid-19. Até esta quinta-feira (22.04), a taxa de ocupação desses leitos estava em 57%.

 

 

 

Informação via Fernanda Nazário | SES-MT