• Home
  • Esporte
  • Prêmio da Fifa tem Neymar entre melhores do mundo e gol de Arrascaeta; veja indicados
© DR

Prêmio da Fifa tem Neymar entre melhores do mundo e gol de Arrascaeta; veja indicados

O atacante brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain, está entre os 11 indicados para o prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa, nomeado The Best, conforme anunciou a entidade nesta quarta-feira (25).

A lista ainda conta com nomes recorrentes em premiações, como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, e foi formulada por especialistas a partir do desempenho dos jogadores de 20 de julho de 2019 a 7 de outubro deste ano.

Do grupo, serão selecionados três finalistas, que terão seus nomes anunciados em uma data ainda não estipulada pela entidade. O vencedor será conhecido no dia 17 de dezembro.

Participam da votação capitães e técnicos das seleções nacionais, jornalistas selecionados e fãs por meio de uma enquete promovida pela Fifa.

Já entre as mulheres, a brasileira Marta e a americana Megan Rapinoe, nomes comuns na disputa, não estão entre as jogadoras indicadas ao prêmio The Best desta vez.

Por outro lado, a inglesa Lucy Bronze, terceira colocada no ano passado, teve o nome lembrado no evento. A lista, que já tem votação aberta no site oficial da Fifa, conta também com a francesa Wendie Renard e a australiana Sam Kerr.

A entidade ainda premiará figuras do futebol em outras categorias. Além de Neymar, outro brasileiro na disputa pelos prêmios é Alisson, do Liverpool, um dos seis candidatos a melhor goleiro do mundo.

A Fifa ainda abriu disputa entre comandantes de times masculinos e de femininos. No caso dos homens, são cinco os concorrentes: Marcelo Bielsa (Leeds), Hans-Dieterr Flick (Bayern de Munique), Jurgen Klopp (Liverpool), Julen Lopetegui (Sevilla) e Zinedine Zidane (Real Madrid).

Foi aberta também votação para o Prêmio Puskás, que elege o gol mais bonito da última temporada. O uruguaio Giorgian de Arrascaeta, do Flamengo, concorre com outros dez atletas, sendo três mulheres e sete homens.

O camisa 14 rubro-negro está na disputa graças ao golaço de bicicleta marcado em 25 de agosto de 2019, pelo Brasileiro, contra o Ceará.

Confira abaixo os indicados em cada categoria:
Melhor jogador
Thiago Alcântara (Espanha / Bayern de Munique / Liverpool)
Cristiano Ronaldo (Portugal / Juventus)
Kevin De Bruyne (Bélgica / Manchester City)
Robert Lewandowski (Polônia / Bayern de Munique)
Sadio Mané (Senegal / Liverpool)
Kylian Mbappé (França / Paris Saint-Germain)
Lionel Messi (Argentina / Barcelona)
Neymar (Brasil / Paris Saint-Germain)
Sergio Ramos (Espanha / Real Madrid)
Mohamed Salah (Egito / Liverpool)
Virgil van Dijk (Holanda / Liverpool)

Melhor jogadora
Lucy Bronze (Inglaterra / Lyon / Manchester City)
Delphine Cascarino (Francça / Lyon)
Caroline Graham Hansen (Noruega / Barcelona)
Pernille Harder (Dinamarca / Wolfsburg / Chelsea)
Jennifer Hermoso (Espanha / Barcelona)
Ji So-yun (Coreia do Sul / Chelsea)
Sam Kerr (Austrália / Chelsea)
Saki Kumagai (Japão / Lyon)
Dzsenifer Marozsán (Alemanha / Lyon)
Vivianne Miedema (Holanda/ Arsenal)
Wendie Renard (França / Lyon)

Melhor goleiro
Alisson Becker (Brasil / Liverpool)
Thibaut Courtois (Bélgica / Real Madrid)
Keylor Navas (Costa Rica / Paris Saint-Germain)
Manuel Neuer (Alemanha / Bayern de Munique)
Jan Oblak (Eslovênia / Atlético de Madrid)
Marc-André ter Stegen (Alemanha / Barcelona)

Melhor goleira
Ann-Katrin Berger (Alemanha / Chelsea)
Sarah Bouhaddi (França / Lyon)
Christiane Endler (Chile / Paris Saint-Germain)
Hedvig Lindahl (Suécia / Wolfsburg / Atlético de Madrid)
Alyssa Naeher (Estados Unidos / Chicago Red Stars)
Ellie Roebuck (Ingalterra / Manchester City)

Melhor técnico ou técnica em time masculino
Marcelo Bielsa (Argentina / Leeds United)
Hans-Dieter Flick (Alemanha / Bayern de Munique)
Jürgen Klopp (Alemanha / Liverpool
Julen Lopetegui (Espanha / Sevilla)
Zinedine Zidane (França / Real Madrid)

Melhor técnico ou técnica em time feminino
Lluís Cortés (Espanha / Barcelona)
Rita Guarino (Itália / Juventus)
Emma Hayes (Inglaterra / Chelsea)
Stephan Lerch (Alemanha/ Wolfsburg)
Hege Riise (Noruega / LSK Kvinner)
Jean-Luc Vasseur (França / Lyon)
Sarina Wiegman (Holanda / Seleção Holandesa)

Prêmio Puskás
Shirley Cruz (Costa Rica) – Costa Rica x Panamá (Pré-olímpico feminino da Concacaf – 28 de janeiro de 2020)
Giorgian De Arrascaeta (Uruguai) – Ceará x Flamengo (Brasileirão – 25 de agosto de 2019)
Jordan Flores (Inglaterra) – Shamrock Rovers x Dundalk FC (Campeonato Irlandês – 28 de fevereiriro de 2020)
André-Pierre Gignac (França) – Tigres x Pumas (Campeonato Mexicano – 1º de março de 2020)
Sophie Ingle (País de Gales) – Arsenal x Chelsea (Liga Inglesa Feminina – 19 de janeiro de 2020)
Zlatko Junuzović (Áustria) – Rapid Viena x Red Bull Salzburg (Campeonato Austríaco – 24 de junho de 2020)
Hlompho Kekana (África do Sul) – Mamelodi Sundowns x Cape Town City (Campeonato Sul-Africano – 20 de agosto de 2019)
Son Heung-Min (Coreia do Sul) – Tottenham x Burnley (Campeonato Inglês – 7 de dezembro de 2019)
Leonel Quiñónez (Equador) – Universidad Católica x Macará (Campeonato Equatoriano – 19 de agosto de 2019)
Luis Suárez (Uruguai) – Barcelona x Mallorca (Campeonato Espanhol – 7 de dezembro de 2019)
Caroline Weir (Escócia) – Manchester City x Manchester United (Liga Inglesa Feminina – 7 de setembro de 2019)

 

 

 

Informação via FolhaPress, SP