• Home
  • Brasil
  • Kassio diz que há ‘certa pacificação social’ sobre criminalização da homofobia
Paulo Pinto/Fotos Públicas

Kassio diz que há ‘certa pacificação social’ sobre criminalização da homofobia

O juiz federal Kassio Nunes Marques afirmou que há “uma certa pacificação social” sobre a criminalização da homofobia, a união estável homossexual, o nome social de transgêneros e o direito de gay de doar sangue.

“Nós temos uma cultura jurídica que essa conformação jurisprudencial segue até determinado limite, e minha opinião como operador do direito é que esses limites foram atingidos. Há uma certa pacificação social no que diz respeito a isso”, disse.

O indicado do presidente Jair Bolsonaro foi elogiado por senadores de oposição, como Ricardo Carvalho (PT-SE) e Weverton Rocha (PDT-MA).

Kassio disse que não poderia responder sobre a exploração mineral em terras indígenas porque o tema já foi alvo de decisão do Judiciário e está em discussão no Congresso.

Ele voltou a pregar contenção do Judiciário e disse que é sabido que há uma ansiedade de autoridades dos três poderes, incluindo a Justiça, para transformar o Brasil. “Mas a minha ideia não é aquela do protagonismo da Justiça”, ponderou.

Kassio disse ser a favor da fixação de uma quarentena para juízes concorrerem a cargos públicos após deixarem a magistratura.

“Não posso falar pela magistratura nacional, mas por mim não vejo nenhuma dificuldade do ponto de vista jurídico-normativo, não vejo também nenhuma dificuldade do ponto de vista social”.

 

 

 

MATHEUS TEIXEIRA E JULIA CHAIB VIA FOLHAPRESS