Foto Reprodução

A famosa dor lombar

* Por Dr. Fellipe Ferreira Valle

Também conhecida como lombalgia, ocorre na parte inferior da coluna vertebral e está entre as dores mais comuns entre homens e mulheres nas diferentes fases da vida. Ela é causada geralmente por uma lesão em um músculo.

O número de pessoas que convive com dor lombar é bastante grande atualmente. Entre as principais razões estão a má postura, sedentarismo, posições incorretas no ambiente de trabalho, nos afazeres domésticos, execução errada de exercícios e principalmente esforço físico.

As causas mais comuns incluem levantamento de peso de maneira inadequada, falta de exercícios físicos regulares, obesidade, doenças reumáticas, envelhecimento e até fatores emocionais podem estar relacionados.
Além desses, a postura viciosa e esforço físico são sem dúvida os principais fatores de risco. Hábitos incorretos de postura ao deitar, sentar ou realizar qualquer atividade do dia a dia, no trabalho e lazer podem acarretar malefícios à coluna.

A dor geralmente se inicia de maneira súbita na região lombar e tem Irradiação ocasional para os glúteos. Se agrava com o movimento e é aliviada com o repouso. Em alguns casos, existe antecedente de lesão mecânica ou história de trauma local.

Independentemente da duração da dor, o indicado é, ao surgimento dos sintomas, que a pessoa procure um especialista em Ortopedia e Traumatologia para avaliar a gravidade do problema e iniciar o tratamento. Este pode incluir medicações analgésicas e antinflamatórias, mudança de hábitos, fisioterapia e outros.
Existem alguns hábitos e cuidados que podem ajudar a evitar e/ou amenizar os efeitos da dor lombar. Entre eles está a mudança na posição para dormir, o tipo de colchão utilizado, forma como se levanta da cama ao acordar, cuidados ao levantar e transportar objetos do chão, cuidado com o peso e o equilíbrio de mochilas nas costas e o cuidado ao usar calçados com saltos muito altos e/ou por períodos prolongados.

A dor lombar é também um dos principais motivos de ausência no trabalho. Portanto, é importante cuidar da saúde e da postura no ambiente de trabalho. Entre elas, utilizar cadeiras que não reclinem para trás, com apoio para os braços; sentar usando todo encosto e os pés totalmente encostados no chão. A tela do computador deve ficar na altura dos olhos para a coluna cervical (pescoço) ficar em posição confortável.

Já as gestantes devem manter atividade física supervisionada e o peso dentro do recomendado para a faze gestacional. Lembrar que as dores lombares em gestantes são comuns e, na maioria das vezes, não representam nenhum problema sério de coluna.

Fonte: sbot.com.br

*Fellipe Ferreira Valle é médico, formado pela Faculdade de medicina de Teresópolis- RJ. Fez residência e duas especializações em ortopedia e traumatologia (cirurgia do joelho e cirurgia de ombro e cotovelo )na Santa Casa de Belo Horizonte – MG, Membro da diretoria da sociedade brasileira de ortopedia e traumatologia- MT, sócio fundador da associação brasileira de ultrassonografia músculo esquelética, professor de medicina na Univag e da residência de ortopedia UNIC-HGU
Cel.: (65)996774477
drfellipevalle@hotmail.com
fellipevalleortopedista.com
instagram.com/Dr.Fellipe