• Home
  • Brasil
  • Chuvas deixam um morto e obrigam quase 500 pessoas a deixarem suas casas no ES
(Foto: Gilson Borba/Futura Press/Folhapress)

Chuvas deixam um morto e obrigam quase 500 pessoas a deixarem suas casas no ES

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde segunda-feira (11) causaram uma morte e já obrigaram quase 500 pessoas a deixarem suas casas, segundo informações divulgadas pela Defesa Civil estadual na manhã desta sexta-feira (15). O estado sofre com alagamentos, desabamentos, deslizamentos e quedas de árvores.

A Defesa Civil contabilizou, além de um morto, seis feridos. As chuvas deixaram 249 desalojados (pessoas que foram obrigadas a deixar suas casas, mas não estão em abrigos públicos) e 240 desabrigados (pessoas que se encontram em abrigos públicos).

Os maiores acumulados de chuvas nas últimas 24 horas foram registrados nas cidades de Bom Jesus do Norte, Santa Leopoldina, Cariacica, Guaçuí e Mimoso do Sul.

Na cidade de Alegre, ventos superiores a 70 km/h causaram o destelhamento de 30 edificações. Houve falta de energia e queda de muitas árvores. Alegre, Viana e Cariacica decretaram situação de emergência.

Um trecho de 15km na BR-262, em Domingos Martins, ficará totalmente interditado pelo menos até domingo (17).

Segundo o Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural), as chuvas devem continuar nesta sexta (15) e no sábado (16). A previsão é de que o tempo melhore no domingo (17), com previsão de chuva fraca apenas no norte do estado.

No Rio de Janeiro, o tempo segue instável, com chuva fraca. Na quarta-feira (13), chuvas muito fortes levaram o estado a entrar em estágio de atenção. Houve alagamentos, deslizamentos, fechamento de avenidas, quedas de árvores e acionamento de sirenes em sete comunidades.

 

 

 

FolhaPress