• Home
  • Tecnologia
  • Cuidado: horário de verão pode “aparecer” em alguns smartphones
A informação de que não existe mais horário de verão não está no código dos sistemas operacionais de boa parcela dos smartphones Android (Brendon Thorne/Getty Images)

Cuidado: horário de verão pode “aparecer” em alguns smartphones

A mudança, que deveria ocorrer nesse final de semana, foi revogada por Bolsonaro em abril, mas celulares podem fazer a atualização automaticamente

 

Se não tivesse sido revogado pelo governo, o horário de verão passaria a valer durante a madrugada do dia 19 (ontem) para o 20 de outubro. Mas, ainda que o país não tenha mais esse ajuste, smartphones poderão ser atualizados para o “novo” horário automaticamente, sem necessidade.

O Google revelou no blog oficial da empresa no Brasil que, na prática, “alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo.” Com isso, os aparelhos com Android podem trocar o horário no final de semana sem que o proprietário se dê conta. O mesmo deve ocorrer com alguns notebooks, relógios digitais etc.Para evitar passar o dia com a hora errada, vale seguir o passo-a-passo sugerido pela Google: acesse as “Configurações”, depois toque em “Sistema”, então selecione “Data e hora” ou algo similar (em alguns aparelhos pode não ser necessário selecionar a opção “Sistema”); e então desative as opções de “Data e hora automáticas” e o “Fuso horário automático”, fazendo com que o horário não possa ser alterado automaticamente. A partir daí, pode-se inserir a hora correta.

A fabricante Motorola também recomendou que os usuários façam o ajuste por conta. Em uma postagem nas suas redes sociais a empresa confirmou que tal ajuste automático pode acontecer em determinados cenários: em aparelhos que não estão conectados à rede das operadoras, em aparelhos conectados apenas no Wi-Fi, sem acesso à rede móvel, e aparelhos que estejam desligados durante a virada de sábado para domingo.

Da Redação –  Veja