• Home
  • Esporte
  • Meia do Manchester City é acusado ser racista com colega
Foto: Divulgação

Meia do Manchester City é acusado ser racista com colega

O meia português Bernardo Silva é acusado pela organização anti-discriminação Kick It Out de ter feito uma piada racista com o companheiro de Manchester City, o francês Benjamin Mendy.

A Kicki It Out (que em inglês significa “chute isso fora”, em tradução livre) diz ter notificado o caso para a Football Association (FA), entidade máxima do futebol inglês.

Recentemente, a FA aumentou a pena em casos de racismo. Se a entidade decidir suspender o jogador, ele ficará fora de pelo menos seis jogos, mínimo estabelecido contra quem não tem outras ofensas no histórico.

Bernardo postou uma montagem com uma foto que supostamente seria de Mendy quando criança, ao lado do mascote de propagandas da marca de chocolate Conguitos. A imagem acompanhava a legenda “advinha quem é?” e figurinhas de risadas.

O francês chegou a responder, escrevendo “1 a 0 para você” e outras figurinhas de humor, porém a postagem original foi apagada após ser duramente criticada por internautas.

“Não se pode nem fazer uma piada hoje em dia”, publicou posteriormente o meia português.

De acordo com a organização K ick it Out, que monitora casos de discriminação no futebol inglês, o racismo é a ofensa mais comum e seus registros subiram 43% na temporada 2018/2019 com relação ao período anterior.

“Estereótipos racistas nunca são brincadeiras aceitáveis, e estamos chocados que alguém que serve de modelo para milhares de pessoas não consiga entender a natureza discriminatória de seu post”, escreveu a entidade em uma nota oficial.

A Kick It Off diz ainda esperar que uma ação seja tomada, que sirva como um ensinamento, “o que é vital no desafio de combater comportamentos deste tipo”.

 

 

Por: Folha Press