• Home
  • Polícia
  • Funcionários são acusados de desviar R$ 2 milhões de grupo empresarial em Cuiabá
Foto: PJC/MT

Funcionários são acusados de desviar R$ 2 milhões de grupo empresarial em Cuiabá

Três funcionários foram presos em flagrante por desvio de dinheiro, na última sexta-feira (9), após serem identificados em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) Cuiabá.

As investigações iniciaram quando a Derf foi procurada por representantes do grupo de 7 empresas, que desconfiavam do desvio de dinheiro por parte de alguns funcionários.

Segundo a investigação, os funcionários contavam também com o apoio da secretária pessoal do dono do grupo. Ela sabia de todo esquema e passava informações para seus comparsas, recebendo quantias em dinheiro, oriundas dos desvios.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Eduardo Rizzoto de Carvalho, os primeiros levantamentos apontam que o trio teria desviado aproximadamente R$ 2 milhões do grupo. “A média mensal de desvios era de R$ 50 mil, porém, em dezembro de 2018, aproveitando o período de pagamento de 13º salário, os suspeitos desviaram mais de R$100 mil”, disse o delegado.

Diante das evidências, os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa e apresentados na audiência de custódia da Capital.

 

*Com informações da Polícia Judiciária Civil