Corrida de Reis 2019 teve participação de Indígena Chiquitano

O indígena Chiquitano Guilherme Mendes de Arruda Tomicha, de 23 anos participou ontem pela primeira vez da Corrida de Reis 2019, completando o percurso de 10 quilômetros em 38 minutos. Nascido e residente na aldeia Acorizal, localizada na região de Porto Esperidião a 405,5 km de Cuiabá, ele veio exclusivamente para participar dessa que é a maior corrida de rua do centro oeste brasileiro.

Tomicha sempre se dedicou aos esportes e em 2014 participou dos jogos estudantis do Instituto Federal de Mato Grosso- IFMT campus de Cáceres na modalidade atletismo, vencendo a  etapa estadual e federal. Sua paixão pela corrida veio logo em seguida, desde então ele se dedica aos treinos diariamente, alem de manter uma alimentação balanceada e hábitos de vida saudáveis, cuidados extremantes necessários na construção de um campeão “ busco estar sempre preparado, pois nas corridas enfrento atletas de alto nível, me dedico para dar o meu melhor, sempre com o objetivo de subir ao pódio”

Guilherme relata que enfrenta alguns preconceitos e grandes dificuldades para participar das corridas,mas que nunca desistiu de correr literalmente atrás do seu sonho  “ sou um jovem indígena que tem o sonho de me tornar atleta profissional, sei que muitos outros jovens da minha aldeia se espelham em mim e me sinto orgulhoso por isso, sempre enfrentei preconceitos pelo fato de ser indígena e vários obstáculos principalmente na área financeira, pois sou de família simples, mas  nunca desisti, sou muito dedicado, porém, sei que para ir mais longe preciso de um patrocinador,alguém que me de suporte necessário para que eu possa representar muito bem o estado de Mato Grosso e principalmente o meu Povo Chiquitano”

O povo Chiquitano é uma das 10 Etnias que estão sob a jurisdição do Distrito Sanitário Especial Indígena- DSEI Cuiabá, são indígenas que vivem em diversas aldeias ao longo de 18 municípios do estado  de Mato Grosso e possuem culturas, hábitos e línguas diferentes. O Coordenador do DSEI Cuiabá- Argon Noberto Hachmann, através do Núcleo Ampliado de Atenção a Saúde, tem trabalhado no resgate as práticas esportivas e hábitos de vida saudáveis nas comunidades indígenas, um trabalho diário que está sendo realizado por  preparador físico e vários outros profissionais da área da saúde.

 

Com informações de  Patricia Ferreira – DSEI|Cuiabá