• Home
  • Alô Prefeito
  • Construção do relógio dos 300 anos está sendo feita sem uso de dinheiro público
avenidas Mato Grosso e Prainha - Foto Luiz Alves- Sicom|Cuiabá

Construção do relógio dos 300 anos está sendo feita sem uso de dinheiro público

A edificação da estrutura faz parte do processo de revitalização da Avenida Mato Grosso

Colocando em prática uma metodologia de trabalho em que representantes do setor econômico se sintam atraídos a participar dos projetos da Prefeitura de Cuiabá, o Executivo municipal tem conseguido desenvolver uma série de ações de melhoria e modernização da cidade, por meio deste caminho de parcerias. Um dos grandes exemplos dentro deste contexto é a edificação do novo relógio de contagem regressiva para os 300 anos que, em breve, estará em funcionamento no entroncamento entre as Avenidas Mato Grosso e Ten. Cel. Duarte (Prainha).

Com aproximadamente 16 metros de altura e mais de 6 metros de largura, a nova estrutura foi construída com verba 100% proveniente da iniciativa privada. Para a execução desse processo, a empresa Fort Atacadista, vencedora de um Chamamento Público realizado pelo Município, investiu cerca de R$ 700 mil, resultando na concepção de um totem, feito à base de material de alumínio composto (AMC) e com contornos da tradicional viola de cocho, fazendo referência às raízes cuiabanas.

Para conseguir instigar a participação no Chamamento Público, a Prefeitura montou um projeto, em que o vencedor tem assegurado o direito da exploração publicitária nos dois painéis de LED que fazem parte da composição. Dessa forma, ficou definido que, como contrapartida do recurso aplicado, a empresa parceira pode, além de estampar sua marca na estrutura, utilizar 50% do tempo de propaganda para divulgar assuntos de seu interesse. Os outros 50% ficam à disposição da própria Prefeitura de Cuiabá, para a transmissão de campanhas institucionais. A medida é valida pelos próximos três anos, podendo ser prorrogada de acordo com o interesse de ambas as partes.

“Além deste na Mato Grosso, também estamos planejando a instalação de mais dois relógios em outros pontos da cidade. Todos eles seguirão o mesmo procedimento adotado nesse primeiro projeto. Ou seja, não haverá a aplicação de recursos oriundos da Fonte 100 do Município. A consolidação dessas parcerias foi uma alternativa que encontramos para continuar transformando a Cuiabá dos 300 anos e, ao mesmo tempo, diminuir os custos para a Prefeitura. Dessa forma, o dinheiro que seria utilizado nessas estruturas podem ser empregados em outras áreas”, explica o secretário de Inovação e Comunicação, Júnior Leite.

A construção do relógio dos 300 anos faz parte do pacote de revitalizações que o Município está executando na Avenida Mato Grosso. Como parte desse procedimento, está sendo realizado – em todo o canteiro central da via – um trabalho de readequação, que conta com a substituição da estrutura de concreto por grama, o plantio de 80 árvores de Ipês adultas e outras espécies de plantas nativas da região. Além dos serviços de jardinagem e paisagismo, o local também receberá uma grande melhoria no quesito iluminação, com a instalação de lâmpadas do tipo LED.

“O processo de revitalização do canteiro é um trabalho em parceria com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, que disponibilizou servidores para atuarem no local. Neste momento, eles estão se empenhando no trabalho de retirada do concreto e também de recuo do meio-fio em parte da via, onde terão vagas para estacionamento. Na verdade, a construção do relógio, com a reestruturação do canteiro, são ações que se completam e que farão com que a Mato Grosso ganhe um visual mais belo e inovador”, pontua o secretário.

 

Com informações de Bruno Vicente – Sicom|Cuiabá