Audiência para discutir o potencial hídrico de Rondonópolis é adiada

O evento estava marcado, inicialmente, para acontecer no dia 04 de junho. Nos próximos dias, será anunciada nova data

A audiência pública marcada para acontecer na próxima semana, no anfiteatro da Universidade do Estado de Mato Grosso (Ufmt), a fim de debater junto aos especialistas os meios de conscientizar a população para a proteção e preservação das matas ciliares e cabeceiras dos rios Arareau e Vermelho, terá nova data anunciada nos próximos dias.

O anfiteatro da Universidade Federal do Estado de Mato Grosso teve suspensa as atividades sediadas em suas dependências, por tempo indeterminado, devido à mobilização da greve dos caminhoneiros e dificuldade de locomoção que acarretou. Devido à instabilidade, foi optado pelo adiamento do evento.

“Nos próximos dias vamos ter a data. Assim não causará prejuízos para os palestrantes, nem ao público interessado em participar”, explicou o deputado autor do requerimento para o debate, Oscar Bezerra (PV).

No evento, as lideranças vão debater o uso do Rio Arareau como opção de manancial hídrico na captação de água, para consumo público, bem como iniciativas estatais e privadas para o fomento do ecoturismo do Rio Vermelho.

 

Com informações de Diego Saporski / Gabinete do deputado Oscar Bezerra