• Home
  • Mundo
  • Meses após a morte do pequeno Gabriel mãe escreve-lhe carta
© Foto: Reprodução

Meses após a morte do pequeno Gabriel mãe escreve-lhe carta

Menino foi morto pela namorada do pai num caso que chocou a Espanha.

A mãe do pequeno Gabriel, que foi morto pela namorada do pai, na Espanha, escreveu este domingo ao filho falecido.

Na carta, motivada pelo Dia da Mães que hoje se comemora, Patricia Ramírez diz que dava tudo para viver mais um minuto ao lado do filho.

“Venho confessar-te que vivo com a tua recordação, mas há uma parte de mim que espera voltar a ver-te, escutar-te, sentir-te, um milagre. Meu Deus, quem me dera acreditar em milagres e estar contigo mais um minuto”, lê-se na carta que foi enviada a vários meios de comunicação social espanhóis.

A mãe afirma que “continua a sonhar” com o dia em que o filho se aproxime e lhe peça mimos. “Imagino como me abraçarias e estou certa de que te aconchegarias nos meus braços e falarias comigo, primeiro triste, dizendo o quanto sentes a minha falta”, acrescenta.

No final a mãe revela ao filho que “não está sozinha” e que há muita gente a apoiá-la. “Fica tranquilo e descansa”, culmina.

Gabriel Cruz desapareceu a 27 de fevereiro em Las Hortichuelas de Níjar, uma localidade de Almería. O  corpo do menino foi encontrado a 11 de março no porta-malas do automóvel de Ana Julia Quezada, a sua madrasta. A morte causou comoção na Espanha, em particular em Almería, que decretou três dias de luto e foi condenada pelo rei Filipe VI.

Por Notícias ao Minuto