• Home
  • Esporte
  • Jovem que acusa diretor do Santos de abuso fala pela primeira vez
© DR

Jovem que acusa diretor do Santos de abuso fala pela primeira vez

Rua Pétrick revelou problemas que a situação causou em sua vida

jovem Ruan Pétrick Aguiar de Carvalho revelou sua revolta com o coordenador afastado das categorias de base do Santos, Ricardo Marco Crivelli, conhecido como Lica, a quem acusa de abuso sexual, quando ainda era criança.

“Só denunciei depois de tanto tempo porque não queria que ele (Lica) fizesse isso de novo comigo ou com outro jogador. Eu não podia mais ficar calado”, disse ao El País.

Ao 19 anos, Ruan revelou ter sofrido abusos em 2010, quando tinha 11. Ao tentar voltar para o Santos, ele abandonou o teste ao descobrir que Lica ainda estava no clube e decidiu oficializar a acusação:

“Nunca contei a ninguém sobre o que aconteceu, nem para o pastor da minha igreja. Eu sentia vergonha e até um pouco de culpa. Por isso tinha certeza de que esse segredo ia morrer comigo.”

Ruan revelou os problemas que o caso de abuso geraram em sua vida:

“Por tudo que passei nos tempos de Santos, eu fiquei meio revoltado. Só queria esquecer e continuar jogando futebol, mas não consegui. O abuso que eu sofri mexeu com minha cabeça. Virei outra pessoa. Fiz um monte de besteira. Bati o carro do meu irmão, me envolvi com coisa errada e bebia bastante. Não era o rumo que eu queria para minha vida”, recordou.

Por Notícias  ao Minuto