• Home
  • Política
  • Russi afirma que o governo priorizará o pagamento dos servidores; mesmo que para isso atrase a dívida com o Bank of America
Secretário Chefe da Casa Civil - Deputado Estadual Max Russi - Foto Gazeta Digital

Russi afirma que o governo priorizará o pagamento dos servidores; mesmo que para isso atrase a dívida com o Bank of America

Max Russi (PSB), secretário-chefe da Casa Civil, afirma que o pagamento da folha salarial dos servidores públicos continuam sendo prioridade. Mesmo que para isso o Governo do Estado atrase o pagamento da dívida contraída com Bank of America.

O valor da parcela referente ao mês de março a ser paga ao banco americano totaliza R$ 120 milhões, que tem que ser pago até o dia 8. Enquanto a folha salarial dos servidores tem que ser quitada até o dia 10 desse mês e soma R$ 600 milhões.

Diante dessa escolha, Russi afirmou que tem que ser priorizado a garantia dos servidores. “O que o governador tem falado é que o servidor público é prioridade. Prova disso é que pagou a RGA (Revisão geral anual) e cumpriu as leis de carreira”, relata o secretário em entrevista ao Jornal do Meio-Dia, da emissora TV Vila Real, ontem (6).

O secretário ressalta que o não pagamento da dívida  com o Bank of America noprazo cero acarreta danos para o governo. Permite o bloqueio de crédito e compromete a credibilidade do Estado perante as instituições financeiras internacionais.

“Logico que a dívida é uma obrigação, porque se a gente não pagar, há uma série de implicações e também o Governo Federal acaba bloqueando recursos. Não tem como fugir ao pagamento. Mas a prioridade será pagar o servidor público”, argumenta Max.