Policia Militar é acionada em ocorrência e prende menor em assalto (Reprodução da web)

Três homens roubam padaria e menor é preso

Na noite dessa segunda-feira (05), três homens armados invadiram a Padaria Hora Do Pão, localizada no bairro Vista Alegre, nas proximidades da avenida Fernando Correa, em Cuiabá. No momento da ação funcionários e clientes que estavam no local foram agredidos pelos bandidos.

Após o roubo o proprietário acionou a guarnição da Polícia Militar e narrou o fato. Disse que ninguém reagiu à ação e que os bandidos agiram com muita violência. Além dos pertences dos clientes, foram levados dinheiro e maços de cigarros.  Informou ainda, que o estabelecimento dispõe de sistema de circuito interno de segurança. A PM teve acesso as imagens e foi possível a identificação de um dos envolvidos no crime, um menor de 15 anos. Ele já é conhecido da PM por participar de vários assaltos a mão armada na cidade.

Munido das imagens do suspeito identificado, a guarnição partiu em busca dos envolvidos. O menor identificado como J.F.S.P foi encontrado no bairro Parque Atalaia, onde reside. O adolescente estava com a mesma roupa vista nas imagens e acabou confessando a sua participação no crime. Com ele foi encontrado uma quantia de R$ 80 reais, que ele diz ser sua “comissão” referente a ação praticada, também foram apreendidos objetos do crime; uma pulseira de ouro e um pingente de prata.

J.F.S.P relatou à guarnição informações do seu comparsa, identificado pelo nome de Mayck Deivison Ribeiro, 18 anos. Este reside no mesmo bairro. A polícia militar partiu em busca, porém não obteve êxito, a mãe do rapaz que estava na casa foi informada do ocorrido, viu as imagens e confirmou se tratar do seu filho, relatou desconhecer envolvimento dele em assaltos. E disse que não sabia do paradeiro de Mayck.

O menor detido em flagrante foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde foi reconhecido pelo proprietário (vítima) do estabelecimento. O segundo suspeito Mayck, assim como o terceiro envolvido ainda continuam foragidos. Foi registrado um Boletim de Ocorrência (BO) e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Por Karen Silva, da Redação.