• Home
  • Alô Prefeito
  • Videomonitoramento auxilia no atendimento de mais de 7.900 ocorrências de trânsito em 2017

Videomonitoramento auxilia no atendimento de mais de 7.900 ocorrências de trânsito em 2017

A ferramenta tecnológica tem papel orientativo, fiscalizatório e ordenador

Em 2017, mais de 7.900 ocorrências de trânsito foram devidamente atendidas pela Prefeitura de Cuiabá. Com o auxílio da Central de Monitoramento da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, a Capital também testemunhou uma redução significativa no índice de infrações nas vias, correspondente a 17%. Espalhadas em pontos estratégicos, as 32 câmeras que compõem esta ferramenta tecnológica exercem papel orientativo, fiscalizatório e ordenador, garantindo uma tranquilidade maior para os condutores e pedestres que diariamente trafegam pelas ruas da cidade.

“A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro foi a padronização da qualidade do nosso atendimento, priorizando agilidade e eficiência. Aliado ao empenho e dedicação dos nossos agentes, fomos capazes de efetuar 7.926 atendimentos, que compreenderam semáforos inoperantes, buracos nas vias públicas, árvores caídas, fios rompidos que comprometeram a passagem de veículos, apoios operacionais na execução de obras oriundas da Energisa e Águas Cuiabá, além de acidentes de trânsito. O auxílio direto da Central de Monitoramento foi crucial para garantir a rapidez na prestação dos nossos serviços. Sua função imediata permite que diagnostiquemos as principais regiões da Capital, acompanhando o fluxo dos veículos, a presença de gargalos, entroncamentos e outros conflitos que envolvem a mobilidade urbana de uma Capital do porte da nossa. Essa tecnologia nos ajuda a antecipar nosso trabalho, atuando de forma preventiva, a fim de certificar aos condutores e pedestres um trânsito seguro, tranquilo e organizado”, afirmou  Antenor Figueiredo, secretário municipal de Mobilidade Urbana.

Com a principal câmera instalada no prédio mais alto da área central – capaz de englobar toda a região, o videomonitoramento da Prefeitura de Cuiabá é diariamente supervisionado através de nove monitores por três equipes de agentes, nos períodos matutino, vespertino e noturno. Com os 32 aparelhos, a ferramenta tecnológica atinge um vasto alcance de maneira prática e imediata. A mesma dimensão de abrangência só seria possível com a presença de 64 agentes de trânsito dispersos em locais estratégicos.

De acordo com o diretor de Trânsito da Semob, Michel Diniz, através da Central mais de 15 mil notificações orientativas foram enviadas aos condutores que cometeram infrações nas ruas da Capital em 2017. Os alertas foram de cunho educativo, sem qualquer cobrança de multa vinculada.

“O videomonitoramento é um instrumento muito poderoso, pois permite que a Semob esteja nos principais pontos da cidade simultaneamente. Por meio deste aliado, notificamos aqueles condutores que infringiram alguma norma de trânsito, alertando-os a respeito de suas responsabilidades quando percorrem pelas ruas de carro ou moto. Essas advertências educativas não geraram ônus nenhum, sendo apenas um aviso para que o ato não se repita. Medidas orientativas como essa englobam também o estacionamento irregular. Através das câmeras, conseguimos sinalizar o veículo que se encontra em local proibido. Pela numeração da placa identificamos o condutor e fazemos contato direto por telefone, emitindo uma notificação oral, solicitando a retirada do mesmo. Estamos investindo na orientação, para que a punição seja o último recurso. Nessas ocasiões, multas são apenas emitidas quando o infrator se recusa a cumprir a lei. No entanto, nossos esforços são direcionados para uma atuação mais sensível, que desperte no contribuinte o desejo de estar em conformidade com a lei”, revelou.

O papel da Central vai além do âmbito da mobilidade urbana, operando também como mais um auxílio na solução de crimes. As imagens registradas pelas câmeras são frequentemente utilizadas pelas polícias Militar e Civil na apuração de delitos. Assaltos e outras ocorrências do gêneros são flagradas pelo videomonitoramento das principais áreas.

“As câmeras só trazem benefícios quando se trata de qualquer interferência na via. Além de ser mais um atributo positivo para o trabalho dos policiais que atuam nas ruas de Cuiabá, os próprios cidadãos podem solicitar imagens registradas pelos nossos aparelhos. É comum recebermos pedidos de condutores vítimas de acidentes, que efetuam sua solicitação a fim de se resguardar. A Semob oferece todo o suporte neste sentido para que o munícipe tenha acesso às filmagens. Nessas circunstâncias, é necessário protocolar o pedido junto a nossa pasta, pontuando a data, horário e local do ocorrido. A partir disso, nossas equipes conseguem identificar o registro, facilitando a vida do nosso contribuinte”, concluiu.

Outras ações

Em 2017, A Secretaria de Mobilidade Urbana também investiu na educação para o trânsito, impactando 22.900 pessoas no total – entre crianças, adultos e idosos. As ações desempenhadas ao longo deste ano compreenderam 68 operações dinâmicas, como blitzes educativas, além dos programas Faixa Cidadã, Cidade Mirim e Moto Educação, resultando na abordagem de 17 mil cuiabanos. Outras iniciativas envolveram 76 palestras direcionadas para órgãos públicos, escolas e empresas privadas. Nestes casos, o alcance correspondeu a 5.900 cidadãos.

 

Por Rafaela Gomes Caetano – Secom|Cuiabá