Associação de Pequenos Produtores recorre à ALMT por reintegração de posse

Decisão do TJ retira o direito das 130 famílias permanecerem na área próxima ao Coxipó do Ouro

Presidente Eduardo Botelho Reúne com séquito de Monte Carmelo (Foto: Maurício Barbant/ALMT

Representantes da Associação de Pequenos Produtores Rurais Monte Carmelo recorreram ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), nesta segunda-feira (24), para pedir o intermédio da ALMT junto ao governo do estado.

Eles querem a reintegração da área de aproximadamente 700 hectares, localizada nas proximidades do assentamento Camaleão, estrada do Coxipó do Ouro, em Cuiabá. “Queremos que o Estado assuma a responsabilidade social sobre a área”, explicou o tesoureiro provisório da Associação, Luiz Ochoa, que representou a presidente da entidade, Erzília Frederico.

O presidente Botelho assegurou empenho sobre a questão e vai solicitar ao Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) estudo ampliado para ajudar a solucionar a questão.

O assentamento é formado por 130 famílias. Os moradores defendem que o estado peça a suspensão da decisão do Tribunal de Justiça, que determinou a reintegração de posse ao proprietário Orlando Cerci.

Por Itimara Figeuiredo – Secom|ALMT