Caçadores de Pokémon mobilizam polícia ao tentar entrar no Senado

 

Grupo de policiais que se mobilizou para conter caçadores de Pokémon no Senado

 Policiais mobilizados para conter caçadores de Pokémon (foto: Matheus Leitão/G1)
A Polícia do Senado foi acionada nesta quinta-feira (25) para conter um grupo de cerca de 50 pessoas que tentou entrar nas dependências do Congresso no início da noite desta quinta-feira (25).

Por um momento, a segurança interna acreditou se tratar de manifestantes pró ou contra o impeachment, mas descobriram que eram usuários do jogo Pokémon Go, game que tornou-se febre mundial.

Desde esta quinta, a segurança do Congresso Nacional está reforçada e os acessos restritos devido ao início do julgamento final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. O reforço da segurança foi motivado pelo temor de protestos semelhantes a outros realizados em etapas anteriores do processo.

Segundo um policial informou ao blog, o incidente gerou movimentação do efetivo de policiais. Servidores que estavam no local ficaram assustados com a correria dos seguranças. Após o incidente, os jogadores seguiram em direção ao Palácio do Planalto.

O game Pokémon Go funciona com a tecnologia de realidade aumentada e tem levado multidões a locais públicos em todo o mundo para caçar os personagens do jogo.

Por Matheus Leitão – Do G1