• Home
  • Política
  • Dilma é intimada e deixa Presidência por até 180 dias

Dilma é intimada e deixa Presidência por até 180 dias

O Senado aceitou o pedido de abertura do processo de impeachment da presidente por 55 votos a favor e 22 contra.

Após o Senado aprovar nesta quinta-feira (12) a abertura do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), ela foi intimada nesta manhã pelo senador Vicentinho Alves (PR-TO), primeiro secretário do Senado, segundo o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que estava com ela. Agora, ela deve deixar a Presidência da República por até 180 dias.

Dilma faz pronunciamento antes de deixar o cargo e, em seguida, sai a pé do Planalto e vai até a Praça dos Três Poderes para encontrar manifestantes. Do lado de fora, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva espera Dilma para participar do ato.

Dilma deixa a Presidência um ano e quatro meses depois de assumir seu segundo mandato. Michel Temer (PMDB) assume interinamente em seguida. Ele está reunido com assessores no Palácio do Jaburu e lá também será notificado pelo senador. A sessão durou mais de 20 horas.

Deputados, senadores e ex-ministros da base aliada de Dilma a acompanham no Palácio do Planalto para participar do ato público.

A intimação que o senador Vicentinho entregou a Dilma relaciona as prerrogativas que a petista terá a partir de seu afastamento. Até a decisão definitiva do seu julgamento no Senado, Dilma terá direito a permanecer na residência oficial, segurança pessoal, assistência à saúde, transporte aéreo e terrestre, remuneração e assessores.