• Home
  • Esporte
  • Federação Matogrossense quer Arena pronta para alavancar o futebol em MT

Federação Matogrossense quer Arena pronta para alavancar o futebol em MT

FMF e Clubes se reúnem com Governo do Estado para melhorar estrutura de uso da Arena Pantanal

Preocupados com o momento e conservação da Arena Pantanal, que não se encontra em boas condições de uso, o presidente da Federação Matogrossense de Futebol, João Carlos Oliveira Santos, e presidentes de clubes da capital e de Várzea Grande, além do apresentador de TV e ex-prefeito de Cuiabá, Roberto França, se reuniram com o secretário Chefe da Casa Civil, Paulo Taques, e com o secretário adjunto da pasta, José Adolpho de Lima, para viabilizar soluções dos problemas enfrentados pelos times de futebol na utilização da Arena Pantanal.Arena Pantanal  Cadeiras Sujas

Como principal utilizador da Arena Pantanal, o futebol matogrossense passa por um momento ímpar na sua história, tendo clubes nas três das quatro principais divisões do futebol nacional, além de ter o Cuiabá Esporte Clube como atual campeão da Copa Verde e representante estadual na Copa Sul-Americana em 2016.

“Viemos expor algumas situações ruins encontradas na Arena Pantanal, dentre elas, a conservação dos vestiários, limpeza das dependências, a não utilização do sistema de som e principalmente a renovação dos laudos perante a Confederação Brasileira de Futebol. Temos jogos estaduais, nacionais e até internacionais para serem disputados na Arena Pantanal, mas precisamos unir forças para utilizarmos ela na sua totalidade” – comentou o presidente da entidade.

Ainda sobre as condições da Arena Pantanal, o presidente da entidade ressaltou o apoio que a Federação Matogrossense de Futebol tem disponibilizado ao espaço utilizado pelos times filiados pela entidade.

“Como forma de colaboração e por utilizarmos de forma continua a Arena Pantanal, a FMF e os clubes têm cuidado do gramado da Arena Pantanal nos últimos 15 meses. Além disso, temos um funcionário dedicado 24 horas a manutenção deste espaço que requer um zelo especial pela quantidade de jogos” – enfatizou o mandatário do futebol estadual.

Ainda para o presidente da entidade, a regularização da Arena Pantanal perante a CBF é um assunto que requer o máximo de empenho para os governantes estaduais. “Precisamos desta regularização o mais rápido possível, neste primeiro momento temos jogos da Copa Verde, três representantes da baixada cuiabana na Copa do Brasil, além do brasileirão séries A, B C e D. Caso isso não seja resolvido com certa urgência, nossos times terão que procurar um estádio fora de Cuiabá para mandar esses jogos”- alertou João Carlos.

De acordo com o secretário da Casa Civil do Governo do Estado, Paulo Taques, as informações repassadas pelos dirigentes são de suma importância para a conservação do espaço que é destinado ao futebol e a população mato-grossense.

“Irei repassar as informações desta reunião para o Governador Pedro Taques e reunir, com a extrema urgência, com o secretário de Cidades, Eduardo Chilleto, e com o superintendente da Defesa Civil, Coronel Abadio Cunha, para avaliarmos quais as decisões iremos tomar em relação à Arena Pantanal.Precisamos reverter essas dificuldades e deixar esse palco em condições aptas para voltarmos a receber grandes eventos” – comentou Paulo Taques.

Participaram da reunião o presidente do Cuiabá, Aron Dresch, o presidente do Clube Esportivo Operário Várzea-grandense, Geovanni Banegas, Paulo Emílio Magalhães, vice-presidente do Dom Bosco, e dirigentes dos clubes e da FMF.

Da Assessoria