• Home
  • infraestrutura
  • Várzea Grande: DAE amplia sua capacidade no atendimento de água tratada à população

Várzea Grande: DAE amplia sua capacidade no atendimento de água tratada à população

O Programa de Aceleração do Crescimento – PAC em Várzea Grande irá proporcionar ao município o abastecimento de água nas casas em 100%, e o saneamento básico (esgoto) atingirá 70%.

O diretor-presidente do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande – DAE, Eduardo Vizotto, avaliou hoje (11) que a atuação da empresa pública, a partir de maio de 2015, foi positiva em todos os sentidos, principalmente na dinamização de setores administrativos do DAE e nos serviços operacionais que careciam de agilidade para ampliar um atendimento de qualidade à população. Isso ocorreu mesmo com o crescimento demográfico ininterrupto da cidade, observou, utilizando-se o mesmo volume de água disponível há 10 anos. Conforme Eduardo Vizotto, esse crescimento desordenado da cidade exige uma série de investimentos de produção, mais Estações de Tratamento de Água e Esgoto e outras obras. O Programa de Aceleração do Crescimento – PAC em Várzea Grande irá proporcionar ao município o abastecimento de água nas casas em 100%, e o saneamento básico (esgoto) atingirá 70%.Eduardo Vizoto - DAE

“O ano de 2016 já começa com as obras do PAC Saneamento, que é a saída para o futuro de Várzea Grande, pois irá resolver problemas para os próximos 20 anos. O município vai realizar investimentos em produção, captação, adução e tratamento. Água e energia são fundamentais para que qualquer cidade se torne atrativa a investimentos empresariais. Com o PAC, o município terá o dobro da água fornecida atualmente, passando de 800 litros/segundo para 1.600 litros/segundo. Isto significará a universalização da água, além de cerca de 60% da rede de esgoto concluída”.

Eduardo Vizotto qualificou o desempenho do DAE em 2015 como satisfatório também na parte de regularização de irregularidades diversas que a atual gestão encontrou e solucionou. Para este ano, projetou, a atuação da empresa pública será melhor ainda. “Detectamos e regularizamos algumas falhas operacionais e administrativas no DAE. Foram providências necessárias para atender a população de maneira correta e eficiente. Hoje, o DAE se estrutura na fiscalização para coibir ligações clandestinas de água e o desperdício do recurso hídrico. Sabemos que essas irregularidades trazem ônus não só para o órgão, como para toda a sociedade. Outra frente de trabalho do órgão é aproximar o usuário e regularizar as suas contas, visando redução de inadimplência no pagamento das tarifas dos serviços”.

O diretor-presidente do DAE ainda adiantou que as comunidades de Bonsucesso e Pai André receberão melhorias na captação e distribuição da água, a exemplo do que já foi feito na região do Parque do Lago e outros bairros do Grande Cristo Rei. Outra ação da autarquia, para 2016, é a realização do recadastramento geral dos consumidores de água no município, atingindo residências, comércios e indústrias.

Dos 115 poços semi-artesianos em funcionamento no município, inclusive no setor distrital, informou Eduardo Vizotto, 80 passaram por manutenção geral do DAE de maio a dezembro de 2015, e o restante recebeu manutenção de rotina, limpeza química e revisão.

“Em alguns poços, trocamos peças, rolamentos, enquanto em outros substituímos bombas e painéis. O DAE também adquiriu 29 novas bombas e uniformes para o pessoal operacional, além de 12 bombeadores para as estações elevatórias”.

No decorrer desse período de trabalho, acrescentou Vizotto, o DAE atendeu cerca de mil ocorrências/mês, centralizadas em religações, denúncias de vazamentos de água, esgoto e gambiarras. Ainda procedeu a negociação de pendências financeiras dos consumidores.

“O projeto do DAE é inovar e atender o cidadão varzeagrandense da melhor forma possível. A proposta de renovação do DAE encampada pela atual gestão se estendeu aos nossos funcionários por meio da implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários – PCCS, firmado em comum acordo com o sindicato da categoria. São 280 funcionários, entre pessoal operacional e administrativo”.

Da assesoria