• Home
  • Geral
  • Maluf mobiliza políticos e produtores para obra na MT-010

Maluf mobiliza políticos e produtores para obra na MT-010

A audiência pública foi realizada na noite de quinta-feira (19), na Câmara Municipal de Nova Mutum

 

A classe política, empresarial, produtores rurais e sociedade civil organizada dos municípios de Nova Mutum, São José do Rio Claro e Tapurah, foram mobilizados pelo presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), para se unirem com o objetivo de discutir a retomada das obras na MT-010, que liga as três cidades, que estão paralisadas há dois anos.

Maluf afirmou que a Assembleia Legislativa entende a importância da pavimentação dos 100 km neste trecho e construção de duas pontes, em função da região ser extremamente produtora, além de ser uma alternativa de desafogar o trânsito da BR-163.
“Estamos convictos da necessidade de realização desta obra e a região terá a Assembleia Legislativa como aliados nesta luta, vamos fazer o que for necessário para que a pavimentação da MT-010 neste trecho seja uma das prioridades para o próximo ano, vamos levar ao governador Pedro Taques (PSDB), o que foi discutido nesta ampla reunião, para fazer esta solicitação”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa após audiência pública realizada nesta quinta-feira (19), na Câmara Municipal de Nova Mutum, para discutir o tema.
Para discutir a retomada das obras na MT-010, ligando Tapurah a São José do Rio Claro, passando por Nova Mutum, Maluf convidou e contou com a participação na audiência, do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Ondanir Bortolini, o Nininho (PR) e do deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), do secretário-adjunto de Infraestrutura, Marcos Catalano, além prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta (PDT), do prefeito de São José do Rio Claro, Natanael Casavechia, de Santa Rita do Trivelato, Hugo Garcia, vice-prefeitos e vereadores.
Maluf - Audiencia Puplica MT 010
“Os produtores querem ser parceiros para concluir a obra, é uma luta da região, e sem dúvida, a mobilização política é importante para que a realização da obra na MT-010 neste trecho seja prioridade, pois traria facilidade imensa no transporte da safra de toda a região, encurtaria espaço para Cuiabá e traria desenvolvimento para esta parte da região Norte”, argumentou Maluf, que recebeu o pedido do vereador Airton Pessi, o Quick (PSDB), para realizar a audiência.
O secretário-adjunto da Sinfra afirmou que o Governo do Estado considera a obra na MT-010 como uma das prioridades na gestão, e que o primeiro passo é receber e estudar o projeto que já foi desenvolvido pela Associação dos Beneficiários da Rodovia MT-010 para a secretaria analisar e poder aprovar, de acordo com as normas técnicas.
“Sabemos da importância dessa obra que é rota de produção para tirar o fluxo da BR-163, e mais do que nunca agora, com o apoio político, com o apoio da sociedade e produtores, vamos trabalhar para a viabilidade da pavimentação, uma ponte [do rio Arinos] já é contemplada no programa Pró-Concreto, vamos tentar viabilizar a outra ponte no programa e correr atrás dos recursos para poder pavimentar a MT-010”, afirmou.
O presidente da associação, Régis Porazzi, lembrou que o grupo em prol da rodovia foi criado em 2009. Que as obras foram iniciadas em 2010, e que foram paralisadas em 2013, mas que existe uma parte de aproximadamente 80 km com trafegabilidade, mas em estrada de chão. Faltando a pavimentação e construção das duas pontes.
“É um projeto audacioso, pois é no paralelo da BR-163, beneficia Diamantino, São José do Rio Claro, Tapurah, Itanhangá, Porto dos Gaúchos, Juara, e finalizando em Alta Floresta. Também contempla cidades como Nova Maringá, Ipiranga do Norte, entre outros. É um investimento baixo, porque boa parte já está pavimentada e envolve mais de 200 mil famílias neste perímetro de 100 km, passando por seis assentamentos, beneficiando diretamente 1,5 mil famílias”, contou.
Régis citou um exemplo do potencial da região, uma empresa de Biodiesel, que fica nas proximidades do trecho da MT-010, que tem capacidade de moagem de 20 mil sacas de soja por dia.
“É uma rodovia que integra vários municípios e toda uma região produtora, e com certeza, a implantação dessa rodovia que é paralelo com a BR-163, vai dar um conforto maior ao produtor e toda a população dos municípios circunvizinhos”, disse o deputado Nininho.
Já o deputado Dilmar Dal Bosco destacou a atuação da Assembleia Legislativa na união junto as Câmaras Municipais e Prefeituras para discutir o tema juntamente com o Governo do Estado, produtores e sociedade. “Esta união vai facilitar que a obra seja retomada com mais celeridade”.
Também participaram da audiência pública, o presidente da Câmara Municipal de Nova Mutum, José da Paixão, vereadores do município e das cidades vizinhas.
Texto
KLEVERSON SOUZA – Assessoria de Imprensa da Presidência