• Home
  • Transito
  • 12 motoristas são presos por alto teor de álcool em ‘Operação Semana Santa’ 2018
PRF/Divulgação

12 motoristas são presos por alto teor de álcool em ‘Operação Semana Santa’ 2018

Operação ‘Semana Santa 2018’ da Polícia Rodoviária Federal (PRF), encerra com 12 motoristas presos por estar com teor de álcool igual ou superior a 0.34 mg/l, caracterizando crime de trânsito conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A ação da PRF que ofereceu reforço concentrado no policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes foi encerrada às 23h59 de domingo (1°).

Nos quatro dias da operação, a PRF contabilizou em Mato Grosso 33 acidentes, 12 deles sem vítimas e três que resultaram em óbito. O primeiro deles ocorreu às 4h do dia 29/03, na BR- 158, km 630, em Nova Xavantina, quando uma caminhonete capotou e o condutor veio a óbito no local. Também na última quinta (29/03), por volta das 18h, no Km 453 da BR-174, em Comodoro, uma pessoa morreu após tombamento de veículo de carga. Já na manhã de sexta (30/03), uma colisão frontal entre veículo de passeio e caminhão tanque vitimou duas pessoas no km 551 da BR-163, em Diamantino.

Foram abordados 32 motoristas após assumirem o volante com excesso de álcool no organismo. Deste total, 27 foram submetidos ao teste do etilômetro (bafômetro) e 12 encaminhados para a Polícia Civil. Outras três pessoas se recusaram a fazer o teste, o que também gera multa nos casos em que estejam visíveis sinais de embriaguez. No total, foram realizados 1.188 testes do etilômetro.

Em 2018, 33 pessoas saíram feridas após acidentes nas rodovias federais do Mato Grosso, sendo 30 na Operação 2017. O órgão registrou quatro óbitos neste feriadão, enquanto que em 2017 uma pessoa morreu nas rodovias do Estado.

 

Excesso de velocidade

Foram registrados 1.192 flagrantes de excesso de velocidade nas rodovias do Estado. Na Operação do ano passado foram 1.183. Em diversos trechos da BR-364, onde a velocidade regulamentar é de 80 km/h, os policiais operadores do radar móvel capturaram veículos trafegando a 158 km/h em pista molhada. Já na BR-163, região de Rondonópolis, onde a velocidade é de 110 km/h, os radares detectaram veículos a 189 km/h. Além desses, foram autuados também outros 94 motoristas por ultrapassagem em locais proibidos. Em 2017, foram lavrados 195 autos pela mesma manobra. (Com informações da assessoria da PRF).

Por Jeverson Missias – Da Redação